ESPN suspende programação ao vivo e gera saia justa para o Sportv

A emissora do Grupo Globo ampliou a grade de programas ao vivo em estúdio nos últimos dias e gerou reclamações nos bastidores

Publicado em .

A emissora do Grupo Globo ampliou a grade de programas ao vivo em estúdio nos últimos dias e gerou reclamações nos bastidores

Campinas, SP, 21 (AFI) – Nem mesmo as emissoras de TV estão alheias às paralisações que têm afetado o mundo do futebol e as demais áreas de trabalho em toda sociedade pelo mundo. Nesta sexta-feira, a ESPN Brasil surpreendeu seus telespectadores e anunciou que vai suspender toda a programação ao vivo.

O jornalista André Kfouri, apresentador do Sportscenter, deu a informação durante o telejornal, garantindo que a cobertura do canal não terá mais programas ao vivo nos próximos dias, apenas reprises.

“A ESPN Brasil decidiu dar um tempo em sua programação ao vivo para minimizar ao máximo os efeitos da situação. Vamos fazer nossa parte. Fique em casa! A vida e a saúde em primeiro lugar. Não subestime a situação. Cuide-se e cuide dos outros também. Obrigado pela compreensão”, explicou Kfouri.

PEGOU MAL PARA SPORTV
A postura da ESPN deixou ainda mais insatisfeitos os funcionários da Sportv, do Grupo Globo. Isso porque a emissora teve postura contrária.

Ao invés de cancelar os programas ao vivo, a Sportv ampliou a quantidade de debates e mesas redondas no estúdio, o que gerou reclamação de funcionários nos bastidores.

A Globo já pensa em rever a postura, que segue o que foi feito na TV aberta, com ampliação dos telejornais com cobertura focada na pandemia do coronavírus.