Após derrota na Copa do Brasil, Cruzeiro demite Adilson Batista

O treinador não aguentou a sequência de resultados ruins sob o comando da Raposa

Publicado em .

O treinador não aguentou a sequência de resultados ruins sob o comando da Raposa

Belo Horizonte, MG, 12 (AFI) - Adilson Batista não é mais o técnico do Cruzeiro. O treinador foi demitido do cargo na manhã desta quinta-feira, horas após a derrota para o CRB, por 2 a 0, na Copa do Brasil. Guto Ferreira e Enderson Moreira são as principais opções da diretoria celeste.

Adilson Batista dirigiu o Cruzeiro em 14 oportunidades, com quatro vitórias, quatro empates e seis derrotas, sendo três delas no Campeonato Brasileiro. No entanto, as duas últimas foram mais doídas, diante de Atlético (2 a 1) e CRB (2 a 0).

A passagem anterior foi entre 2007 e 2010, com a conquista de dois títulos estaduais, em 2008 e 2009, além do vice-campeonato da Copa Libertadores também em 2009.

MAL NO MINEIRO
O Cruzeiro está fora da zona de classificação às semifinais do Campeonato Mineiro - é apenas o quinto colocado. E com a derrota para o CRB no Mineirão, ficou em situação bastante complicada para avançar à quarta fase da Copa do Brasil.

O treinador foi uma tentativa de 'tampão' aos problemas que o Cruzeiro enfrentou na temporada passada dentro e fora de campo. Em 2019, a equipe celeste foi dirigida por Mano Menezes, Rogério Ceni, Abel Braga e, por fim, Adilson Batista.

Adilson Batista não é mais técnico do Cruzeiro
Adilson Batista não é mais técnico do Cruzeiro

PLANO B
Com a demissão do treinador confirmada, o Cruzeiro busca um novo perfil para assumir o clube. A diretoria está atenta em uma opção que conheça a Série B, por isso, Guto Ferreira e Enderson Moreira são as principais apostas.

O primeiro conquistou o acesso com o Sport, mas acabou sendo demitido neste início de temporada. Ele já dirigiu clubes como Ponte Preta, Bahia, Figueirense, Internacional, Chapecoense, entre muitos outros. É o favorito para assumir a função de treinador.

No entanto, o nome de Enderson Moreira também é debatido entre a cúpula cruzeirense. O treinador está no Ceará, onde retornou após uma aposta do time no trabalho de Argel Fucks. Enderson já dirigiu grnades clubes como Santos, Grêmio e Fluminense.