Luto! Morre histórico presidente da Independente de Limeira

Álvaro Zenebon faleceu nesta segunda-feira (20) aos 85 anos e o sepultamento acontecerá na quarta-feira (22)

Publicado em .

Álvaro Zenebon faleceu nesta segunda-feira (20) aos 85 anos e o sepultamento acontecerá na quarta-feira (22)

Limeira, SP, 20 (AFI) - O esporte limeirense e do interior de São Paulo está de luto. Faleceu nesta segunda-feira (20), aos 85 anos, Álvaro Zenebon, o maior presidente da história do Independente de Limeira, tradicional clube paulista. E sua morte aconteceu exatamente um dia após o aniversário de 76 anos do Galo.

Zenebon teve um papel fundamental no alvinegro ao longo de mais de 50 anos de serviços prestados. Na década de setenta, provou para a Federação Paulista de Futebol que o Independente tinha condição de disputar o Campeonato Paulista. Em 1972, finalmente o Galo fez sua estreia, vencendo o Guaçuano por 1 a 0, gol de Sormani.

Álvaro Zenebon faleceu nesta segunda-feira (20) aos 85 anos
Álvaro Zenebon faleceu nesta segunda-feira (20) aos 85 anos
De lá para cá, o Independente nunca deixou de participar de uma competição da entidade. Nesse período, conquistou três vezes a Segundona, o Torneio Início da Intermediária e a Copa Energil C. Na festa dos 70 anos do Independente, seu Álvaro fez um discurso de quase 40 minutos, pedindo mais apoio e união ao time de coração.

Usou frases do tipo: “Não deixe o Galo parar. Não deixe o Galo morrer. O Galo foi feito para se amar”, que estavam fixadas em um telão.

Entre os galistas mais elogiados por seu Álvaro nas entrevistas estavam Júlio Maçorano, Lemão Bego, Roberto Martins e Milton Spinelli. Sepultamento acontecerá na quarta-feira.