Em provável despedida de Sampaoli, Santos encara Flamengo pelo vice-campeonato

O treinador argentino deu indícios de que não segue no Peixe para a próxima temporada e pode até acertar com o rival Palmeiras

Publicado em .

O treinador argentino deu indícios de que não segue no Peixe para a próxima temporada e pode até acertar com o rival Palmeiras

Santos, SP, 08 (AFI) - O jogo contra o Flamengo, domingo, às 16 horas, na Vila Belmiro, não vai apenas encerrar as atividades do Santos em 2019. A partida diante do campeão nacional, válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro, provavelmente será o encerramento de um ciclo rápido, porém marcante: o de Jorge Sampaoli como treinador da equipe alvinegra.

O argentino tem contrato com o Santos até o fim de 2020, mas os desentendimentos com a diretoria do clube têm sido frequentes e, por essa razão, sua saída é dada como certa - o Palmeiras já é apontado como o provável próximo empregador de Sampaoli. Sob a batuta do ex-comandante da seleção argentina, o Santos jogou desde o início do ano um futebol ousado e agressivo, o que fez o técnico cair nas graças da torcida. Além disso, mesmo tendo à sua disposição um elenco pouco numeroso, o treinador conseguiu fazer a equipe chegar à última rodada do Brasileirão lutando pelo segundo lugar.

Basta ao Santos derrotar o Flamengo para ser vice-campeão - empatada com o Palmeiras em pontos, a equipe da Vila Belmiro tem uma vitória a mais. Em caso de empate na Vila, os santistas terão de torcer para os palmeirenses não vencerem o Cruzeiro, em Belo Horizonte, no mesmo horário. Se o resultado diante do time rubro-negro for uma derrota, o vice-campeonato só será alvinegro se o rival também perder.

A disputa entre Santos e Palmeiras vale R$ 1,6 milhão. Essa é a diferença entre o prêmio pago pela CBF ao vice-campeão do Brasileirão (R$ 31,3 milhões) e o que recebe o terceiro colocado (R$ 29,7 milhões).

Embora seja praticamente um amistoso, o jogo contra o Flamengo terá ambiente de decisão na Vila. Todos os ingressos colocados à venda pela diretoria (11,5 mil) já foram comercializados e Sampaoli vai mandar a campo praticamente o que tem de melhor - na derrota para o Athletico-PR, na quarta-feira, alguns titulares ficaram no banco de reservas.

Sem Luan Peres e Felipe Jonatan, que estão suspensos, o argentino deverá voltar a escalar o lateral-esquerdo Jorge, que ficou fora das quatro últimas partidas da equipe. O goleiro Everson e o meia Evandro têm problemas físicos e podem ficar fora do jogo diante do Flamengo.

FICHA TÉCNICA

SANTOS - Everson (Vanderlei); Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Alison, Carlos Sánchez e Diego Pituca (Evandro); Marinho, Soteldo e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli.