Timão foi o dono do clássico no Itaquerão

Thiago Nunes poderia ate ter chegado a uma sonora goleada. A vitória foi mais do que justa.

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

A Fiel não quer nem saber se o Santos foi um arremedo de time durante os noventa minutos de jogo de domingo pela manhã lá no Itaquerão. Para o torcedor corintiano, na verdade, o que valeu mesmo foram os dois gols marcados por seu time neste jogo em que a equipe de Thiago Nunes poderia ate ter chegado a uma sonora goleada. A vitória foi mais do que justa.

Nos dois tempos o Corinthians foi melhor e o Santos nunca soube se impor. Faltou espírito coletivo, troca de posições, velocidade e mais arremates a gol. Parecia que o time do português Jesualdo estava anestesiado.

IMPOSIÇÃO TOTAL
Enquanto isso o Corinthians se impunha desde os primeiros minutos. Fez seu primeiro gol a 1 minuto de partida e criou uma serie de jogadas de ataque que também poderiam ter sida convertidas em gol. Quando o Santos atacava, o Corinthians se fechava em duas linhas de quatro e não dava espaço para o Peixe trabalhar.

Corinthians comemora gol em cima do Peixe no Itaquerão
Corinthians comemora gol em cima do Peixe no Itaquerão

FICOU MONÓTONO
No segundo tempo o jogo até ficou monótono depois do gol marcado a 1 minuto pelo jovem atacante Janderson . O Corinthians desistiu de pressionar, procurou marcar o adversário em todo o gramado e praticamente não deu espaço para que o time da Vila conseguisse chegar ao seu gol (que colocaria fogo no jogo).

LINDA FESTA
No final, quando o árbitro apitou o fim do jogo, a Fiel fez uma linda festa e o Santos deixou o campo de cabeça baixa. A ideia do treinador santista de aproveitar um grande numero de jovens valores no time titular prejudicou o Santos. A garotada não deu conta do recado.

Do outro lado, ao contrário, o experiente time do Corinthians se impôs como quis e só não venceu por maior diferença de gols porque seus jogadores se acomodaram no resultado. Para o Corinthians foi uma vitória importante porque deu nova moral a seu elenco que vai estrear na pré Libertadores.

PRECISA MUDAR
O Santos, ao contrário, vai precisar reformular sua maneira de jogar e procurar a curto prazo fazer com que jogadores como Soteldo, Sanchez e Marinho possam voltar ao time titular. Sem eles, certamente, o Peixe terá sérias dificuldades para se classificar.

Bragantino fez a festa em cima do apático Palmeiras
Bragantino fez a festa em cima do apático Palmeiras

VERDÃO SURPREENDIDO
Em Bragança Paulista, o Palmeiras foi surpreendido por uma boa exibição do Bragantino, que não vinha bem no campeonato. Com muita garra e aplicação, a equipe do interior paulista se impôs ao Palmeiras no primeiro tempo quando fez um gol aos 34 minutos através de Uillian Correia.

No segundo período, logo aos 4 minutos o Braga fez o segundo gol através Ytalo e ficou mais tranquilo para administrar o resultado. Luxemburgo que poupou Scarpa e Willian no primeiro tempo, os fez entrar em campo no segundo período.

SÓ UM GOL
Foi quando o Verdão marcou seu gol de honra através Dudu, em cobrança de pênalti sobre Willian. A torcida palmeirense chegou a ficar esperançosa com a possibilidade de uma virada, mas o Braga estava muito bem postado na defesa e soube como segurar sua merecida vitória.

O Verdão por sua vez, perdeu a primeira partida no campeonato e pode cair para o terceiro lugar na classificação de seu grupo se o Novorizontino vencer o São Paulo na noite de hoje no Morumbi.

C * U * R * T * A * S

* BELO público no Itaquerão para ver Corinthians e Santos. Nada menos do que 40.669 torcedores pagaram para ver o tradicional clássico paulista. O Corinthians vinha de derrota para a Ponte Preta e, com a vitória sobre o Santos, recuperou sua auto estima e vai viajar mais confiante para o Paraguai onde enfrenta o Guarani, pela pré Libertadores.

No jogo diante do Peixe, quase todo o time corintiano mostrou bom futebol. Cássio, Fagner, Gil, Cantillo, Everaldo, Janderson e Boselli brilharam. No Peixe, só Pituca e Sasha merecem destaque.

ABSURDO NÃO COMEMORAR

* OS GOLS corintianos foram marcados por Everaldo, aos 11 minutos do primeiro tempo e Janderson, aos 20 minutos do segundo período. O garoto Janderson fez um golaço e foi comemorar com a Gaviões da Fiel. Na volta, levou cartão vermelho. Prá mim, um absurdo.

Nem quero saber se a Fifa mandou punir quem fizer gol e comemorar com os torcedores. Mas essa medida é absurda, inaceitável, O árbitro deveria ter o bom senso de não mostrar o cartão. Afinal, o objetivo do futebol é fazer gols. Por que punir quem os faz e os comemora em seguida.

MERECEU VENCER

* DETALHE: o Corinthians mereceu vencer o clássico por 2 a 0 porque foi muito eficiente. Mas vale lembrar também que o Santos não jogou nada. Foi um amontado de jogadores que não sabiam o que fazer com a bola. Além disso, alguns titulares como Sanchez, Soteldo e Marinho, não puderam jogar e fizeram muita falta ao time .

Acho que o técnico Jesualdo errou na escalação e colocou em campo alguns jovens jogadores que não estavam preparados para disputar um clássico. Esses problemas impediram o Peixe de jogar com mais qualidade.

NEGOU FOGO
* DEPOIS de golear por duas vezes, o Palmeiras negou fogo em Bragança. Seu time foi dominado pelo Bragantino e mereceu perder o jogo por 2 a 1. A verdade é que Luxemburgo não colocou seu melhor time em campo logo de saída e com isso favoreceu o Bragantino.

Quando tentou reagir no segundo tempo, o time da casa já era dono do jogo e não deixou o Palmeiras reagir. Ficou evidente que o elenco verde não é assim tão forte. Tem bons jogadores, mas outros são de qualidade inferior. Time pode ter problemas em jogos futuros. Fiquem de olho.

Palmeiras teve trabalho com o Bragantino
Palmeiras teve trabalho com o Bragantino

MISSÃO CUMPRIDA
* NO TIME do Bragantino todo mundo cumpriu sua missão. Mas os melhores foram Julio Cesar, Aderlan, Uilian Correia e Ytalo. No Palmeiras Dudu foi o maior destaque. Lucas Lima, ao contrário, não jogou o que podia. Acho que já começou a cair de produção.

Na defesa, gostei de Felipe Melo. Está seguro, não apela para a violência e impõe respeito na zaga. Willian também voltou a jogar bem e provou que merece ser titular definitivo do ataque. Marcos Rocha é outro que voltou a jogar um grande futebol. Scarpa justificou sua presença no segundo tempo.

* RESULTADOS do campeonato. Oeste 1 x Ferroviária 5. Corinthians 2 x Santos 0. Agua Santa 1 x Ituano 1. Bragantino 2 x Palmeiras 1. Guarani 2 x Santo André 1.

Classificação: Grupo A - Santos é o lider com 7 pontos ganhos. Ponte tem 6. Oeste 3. Agua Santa 1. Grupo B - Santo André é o lider com 9 pontos. Palmeiras e Novorizontino tem 7. Botafogo 1.

Grupo C - São Paulo lidera com 7 pontos. Inter e Mirassol tem 3. Ituano 2. Grupo D - Corinthians está em primeiro lugar com 7 pontos. Red Bull Bragantino tem 5. Guarani e Ferroviária, 4. .

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos