Corinthians estreia na Copa Libertadores renovado com Tiago Nunes

Timão dá a largada, enquanto Palmeiras, Santos e São Paulo só jogam em março, já na fase de grupos.

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

O futebol paulista vai contar com quatro representantes na Copa Libertadores de América deste ano. Palmeiras, Santos e São Paulo só jogam em março, já na fase de grupos. O Corinthians, ao contrário, precisará passar por quatro partidas na fase pré deste torneio para depois entrar na fase de grupos.

A estreia corintiana será nesta quarta feira, em Assunção, Paraguai, contra o Guarani, que atravessa boa fase e será um adversário perigoso para o time de Thiago Nunes. Para o alvinegro paulistano seria muito interessante se ele conseguisse ao menos um empate fora, porque depois traria a decisão da vaga para o Itaquerão, onde tem muito maiores possibilidades de se classificar.

Corinthians precisa repetir a dose do clássico contra o Santos
Corinthians precisa repetir a dose do clássico contra o Santos

FURACÃO COMPLETO
Preocupado em começar bem a Libertadores, o ex-treinador do Athletico Paranaense vai escalar seu time com o que tem de melhor.

Apenas o meia Pedrinho, que defende a Seleção Brasileira Olímpica, não estará em ação. No mais, todos os considerados titulares estarão em campo.

A base será aquela mesma que no domingo de manhã venceu o Santos por 2 a 0 em Itaquera. Em tese, dá sim para o Corinthians conseguir ao menos um empate nesse jogo.

REPETIR A DOSE
Acredito até que se conseguir repetir a dose do clássico diante do Santos, seu time tenha possibilidade de vencer o Guarani lá no Paraguai e voltar para São Paulo com a vaga quase garantida. Bom ressaltar, que serão dois jogos.

Timão precisa passar pela Pré-Libertadores para sonhar mais alto
Timão precisa passar pela Pré-Libertadores para sonhar mais alto

Esse, quarta-feira às 21h30, em Assunção e o segundo em Itaquera no meio da próxima semana. Se passar, o Corinthians terá mais dois jogos contra adversário ainda a ser conhecido, antes de entrar prá valer da fase de grupos da Libertadores.

Outro brasileiro que estreou neste torneio é o Internacional, de Porto Alegre, que empatou sem gols com o Universidad do Chile, lá em Santiago, nesta terça-feira .

SUL-AMERICANA EM AÇÃO
Outra competição internacional que começa nesta semana será a Copa Sul Americana. Nesta terça jogou o Fluminense contra o Union La Calera, no Maracanã. Mas vacilou em casa ao empatar por 1 a 1.

Era a chance para o tricolor carioca faturar os três pontos e sair na frente nesta briga para chegar a próxima fase deste torneio. Na quinta-feira, será a vez do Atlético Mineiro estrear. Alvinegro de Minas joga fora, contra o Union, a partir de 21h30.

Galo não atravessa boa fase e por isso não dá muita confiança quando se fala em vitória nesta partida. Um empate já seria um bom resultado para a equipe mineira.

C *U * R * T * A * S

LARGADA DA COPA DO BRASIL

* COPA do Brasil também dará sua largada nesta quarta feira. Três clubes paulistas estarão em ação. Na quarta, o Santo André recebe o Criciúma, às 16h30. Time do ABC atravessa bom momento e tem boas possibilidades de vencer o adversário de Santa Cateria.

Ainda na quarta, o XV de Piracicaba encara o Londrina, num confronto equilibrado onde não há um favorito destacado. Na quinta feira será a vez do Novorizontino que enfrenta o Figueirense, as 16h30, em Novo Horizonte. Neste jogo o favoritismo é todo da equipe da casa que está em grande fase.

PRÉ-OLÍMPICO
* AINDA nesse meio de semana terá sequência o Sul Americano sub 23. Esse torneio já está em sua fase do Quadrangular final que vai indicar as duas seleções que representarão a América do Sul nas Olimpíadas de Tóquio.

No momento, a Argentina é lidera esse torneio com 3 pontos ganhos. Brasil e Colômbia tem 1 e o Uruguai 0. Nesta quinta, dia 6, rodada dupla: as 20 oras, Brasil x Uruguai. As 22h30, Argentina x Colômbia. Seleção Brasileira empatou com a Colômbia em 1 a 1 em seu último jogo e precisa da vitória nesta quinta contra o Uruguai.

Novorizontino segurou bem a pressão do São Paulo no Morumbi
Novorizontino segurou bem a pressão do São Paulo no Morumbi
ÚLTIMOS DOIS JOGOS

* NA ULTIMA coluna publicada na segunda feira não falei sobre os jogos que completaram a quarta rodada do Paulistão. Então, vamos lá. O São Paulo massacrou o Novorizontino no Morumbi, mas só empatou com o time do interior paulista. Resultado final foi 1 a 1.

Os dois times com isso, mantém suas invencibilidades. Além deles também o Mirassol não perdeu jogos neste campeonato até aqui. E goleou o Botafogo por 6 a 0, em Ribeirão Preto. A partida entre São Paulo e Novorizontino foi apitada por Flávio Roberto Mineiro que fez péssimo trabalho. Por causa dele o São Paulo não venceu o jogo.

ÁRBITRO ERROU MUITO

* FLAVIO Roberto anulou dois gols de Pato no primeiro tempo do jogo sem nenhuma razão para faze-lo. As jogadas foram legais e os gols deveriam ter sido confirmados. Durante o jogo, o árbitro também deixou de marcar dois pênaltis em favor do tricolor paulista.

Pênaltis que segundo o comentarista de arbitragem da SporTV existiram e deveriam ter sido marcados. Fica evidente, portanto, que o São Paulo poderia ter goleado o Novorizontino se o árbitro não cometesse todos esses erros. São Paulo fez vigoroso protesto junto à FPF nesta terça-feira. E o trio entrou na geladeira.

GOLS E GOLEADA

Mirassol deitou e rolou no Santa Cruz
Mirassol deitou e rolou no Santa Cruz

* GOLS da partida do Morumbi foram marcados por Higor Leite, aos 25 minutos para o Novorizontino e Brenner aos 41 do segundo tempo para o São Paulo. Antes do jogo uma forte chuva caiu sobre a cidade de São Paulo.

Ainda assim, 14.060 torcedores foram assistir a partida. Ainda na segunda feira, a Internacional de Limeira venceu a Ponte Preta por 2 a 1 e o Botafogo perdeu em Ribeirão para o Mirassol por 6 a 0. Time ribeiropretano é o pior do Campeonato Paulista até agora e caminha rapidamente para ser rebaixado no final da competição.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos