Paulistão começa equilibrado e com boas perspectivas

Na sua fase inicial esse campeonato foi dividido em quatro grupos de quatro clubes cada um. Isso garante equilíbrio.

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

Estamos de volta. Depois das festas de final de ano e de um período de férias para jogadores, técnicos, árbitros e comissões técnicas, o futebol volta com tudo para o torcedor paulista nesse meio de semana. Vai começar o Paulistão 2020.

Serão dezesseis clubes na briga pelo título estadual com a presença dos quatro grandes (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo) e de quatro equipes que integravam a série B no ano passado e voltam a série A em 2020 (Inter de Limeira, Agua Santa, Santo André e Bragantino).

Presença também dos dois times de Campinas (Ponte Preta e Guarani), da Ferroviária (de Araraquara), Mirassol, Oeste (de Barueri), Ituano, Botafogo (de Ribeirão Preto) e Novorizontino.

Na sua fase inicial esse campeonato foi dividido em quatro grupos de quatro clubes cada um. Cada um dos quatro grandes está encaixado num dos grupos, o que de certa forma equilibra a disputa.

OS GRUPOS
O Grupo A tem Oeste, Ponte Preta, Santos e Agua Santa. O B tem Botafogo, Novorizontino, Palmeiras e Santo André. O Grupo C, Internacional, Ituano, Mirassol e São Paulo e o D, Corinthians, Ferroviária, Guarani e Bragantino.

A princípio, os quatro grandes iniciam a disputa como favoritos ao título porque possuem elencos de melhor qualidade e mais recursos financeiros. Mas neste campeonato já é rotina que um ou dois dos chamados clubes médios ou pequenos, se destaquem.

Camilo é destaque no Mirassol
Camilo é destaque no Mirassol
FORÇAS DO INTERIOR
Nesse caso, cito Bragantino, Ituano, e Ferroviária como clubes mais capacitados para atingir esse objetivo. Mas pode haver surpresa durante o desenrolar do campeonato. A primeira rodada será iniciada nesta quarta-feira, às 17 horas, em Novo Horizonte onde vão jogar Novorizontino e Oeste, de Barueri.

Às 19h15 a Internacional, de Limeira recebe o Guarani, de Campinas. O Ituano encara o Palmeiras em Itu, em jogo difícil para a equipe dirigida por Vanderlei Luxemburgo. Às 21h30, o São Paulo enfrenta o Agua Santa, no Morumbi.

NA QUINTA-FEIRA
Na quinta-feira, a Ferroviária recebe o Mirassol, em Araraquara, a partir das 16 horas. Às 19, a Ponte Preta joga em Campinas contra o Santo André. Às 19h15, o Santos enfrenta o Bragantino,

Paulo Farias: Água Santa
Paulo Farias: Água Santa
na Vila Belmiro e as 21h30, o Corinthians recebe o Botafogo, de Ribeirão, no Itaquerão.

Como os clubes tiveram pouco tempo de preparação é quase impossível fazer um prognóstico sobre cada jogo. É uma rodada onde tudo pode acontecer, apesar do favoritismo que normalmente é dado aos grandes clubes e aos mandantes de cada partida.

Como é inicio de ano e tem muita gente em férias, não acredito em grandes públicos nesses jogos iniciais do Paulistão. Se isso acontecer em algum estádio será uma enorme surpresa.

C * U * R * T * A * S

* DOS grandes clubes paulistas só o Palmeiras estreia fora de casa. Pega o Ituano, em Itu. Clube vem de um título internacional recente, já que ganhou a Flórida Cup, em Orlando, nos Estados Unidos, num torneio que também teve a participação do Corinthians, que terminou o torneio em terceiro lugar.

Foi o início dos trabalhos do veterano Vanderlei Luxemburgo, que voltou a dirigir o Verdão depois de quatorze anos. Luxa à principio não quis saber de reformas e resolveu armar seu time com os jogadores que tinha. Por isso time titular já é conhecido.

NOVA CHANCE
* AO ESCOLHER os jogadores que formariam seu time principal, Luxemburgo resolveu dar nova chance ao meia Lucas Lima, que até hoje não justificou sua contratação junto ao Santos. Na Florida Cup Lucas foi bem. Vamos ver no Paulistão como é que vai se comportar.

Lucas Lima: nova chance
Lucas Lima: nova chance
Outra novidade do time verde está no miolo de zaga. Felipe Melo, que era volante, foi transformado em zagueiro por Luxemburgo. Não gostei da ideia. Melo é muito violento e pode fazer faltas dentro da grande área que poderão complicar as pretensões do Palmeiras no campeonato.

* LEMBRO que o último Paulistão conquistado pelo Palmeiras foi em 2008. Portanto, já faz doze anos que o Verdão não é campeão paulista. Está na hora de sair da fila. Em tempo. Assisti aos jogos do Palmeiras na Flórida Cup.

Apesar de ter sido campeão o futebol exibido pelo time de Luxemburgo não foi dos melhores. Além disso, os adversários eram limitados tecnicamente. Acredito que para vencer os jogos do Campeonato Paulista o Palmeiras terá de jogar muito mais e ser bem mais eficiente. Destaco que o Ituano joga em casa e tem boa equipe.

UM POUCO MAIS

* SÃO PAULO que também estreia nesta quarta-feira enfrenta o Água Santa. Dos grandes, o Tricolor paulistano foi o único a não trocar de técnico. Fernando Diniz continua no comando e teve tempo de sobra para treinar seu time.

Diniz começa ano no São Paulo
Diniz começa ano no São Paulo
A expectativa é que seu time jogue um pouco mais do que o fez desde que Diniz assumiu o cargo. Problema é que dois jogadores chave de Diniz não vão jogar, Igor Gomes e Antony. Difícil saber se farão muita ou pouca falta, mas acho que a qualidade do time cai sem a presença deles. Mas vale esperar o resultado das trocas.

* FAZ quatorze anos que o São Paulo não ganha um Paulistão. Por isso, na relação dos clubes que foram campeões mais vezes, já perde para Corinthians, Palmeiras e Santos. Já passou da hora do Tricolor paulistano ganhar esse título.

No ano passado chegou à final mas perdeu para o Corinthians. Neste ano tem um time melhor preparado e mais ajustado por Fernando Diniz. Acredito que ele se classifique para as fases decisivas do campeonato, mas não apostaria nele em relação ao título. De qualquer forma, precisa quebrar esse incomodo tabu.

PORTUGA NO PEIXE
* O SANTOS não ganha o Campeonato Paulista há quatro anos. Neste campeonato será dirigido pelo veterano técnico português, Jesualdo que passou a ocupar a vaga deixada por Sampaoli. Não sei o que esse treinador poderá fazer pelo Santos, mas como é um profissional bastante experiente, tem chance de mostrar serviço e até disputar o título.

Jesualdo: experiência no Peixe
Jesualdo: experiência no Peixe
Seu problema é que antes de sua chegada a diretoria deixou quase todos os zagueiros titulares saíram do clube. Só ficou o zagueiro Veríssimo. Será que ele vai conseguir remontar o sistema defensivo?

* JESUALDO prometeu aproveitar as revelações do Santos no time principal. É bem possível que ele escale o atacante Kaio Jorge, de apenas 17 anos, que tem treinado muito bem no time de cima. Kaio foi campeão mundial de sub 17 pelo Brasil recentemente e é um goleador nato.

Será uma das novidades do Santos nesses jogos iniciais do Paulistão. Todos sabem que o Santos tem por tradição ser um time bastante ofensivo, mas não sei se seu novo técnico seguirá esse caminho. Bragantino será o adversário do Peixe nesta quinta à noite na Vila.

TIMÃO SEM ENCANTO
* CORINTHIANS estreia em casa contra o Botafogo. Na Flórida Cup o time hoje dirigido por Tiago Nunes não encantou. No primeiro jogo o meia Luan, que veio do Grêmio, fez dois gols e foi muito exaltado. mas no segundo jogo ele não fez nada e voltou a negar fogo como vinha acontecendo no Grêmio.

Tiago Nunes: desafios no Timão
Tiago Nunes: desafios no Timão

Os três centroavantes (Bozelli, Vagner Love e Gustagol) negaram fogo. Ou seja, o ataque continua a dar problemas. Ainda assim, diria que o Corinthians é favorito porque joga em casa ao lado de sua torcida e o Botafogo não tem uma grande equipe.

BOM COMEÇO
* SELEÇÃO Olímpica do Brasil ganhou do Peru na estreia do Pré-Olímpico da Colômbia. Placar final de 1 a 0 para o time brasileiro foi justo, mas o segundo tempo da equipe verde e amarela não foi bom. É preciso melhorar muito.

MUITO FUTEBOL

E para terminar. Esta é a primeira coluna de 2020. Estamos no inicio de mais um ano. Muito motivado e feliz em voltar a manter contado com vocês.

Que 2020 seja cheio de boas noticiais e bons momentos para todos vocês. Companheiros do FUTEBOL INTERIOR e queridos leitores. Estamos juntos. Um forte abraço em todos.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos