Jogadores pedem paciência após a eliminação do Atlético na Sul-Americana

Jogadores esperam calam com o trabalho do técnico Dudamel e prometem reação

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 20 (AFI) - O Atlético-MG lutou até o final, mas está fora da Copa Sul-Americana. O time mineiro venceu o Unión Santa Fe, da Argentina por 2 a 0 e como perdeu por 3 a 0 no jogo de ida disse adeus a competição ainda na primeira fase.

Após a eliminação precoce na competição sul-americana, os jogadores bateram na mesma tecla: é hora de ter calma, sem caça bruxa no clube.

Titular na partida no Independência, o goleiro Michael pediu paciência ao trabalho do técnico Dudamel. “Todos têm culpa, não somente um”.

O técnico Dudamel elogiou seus jogadores pela luta. “Depois desta demonstração, não espero nada menos da minha equipe. O time foi bem. Cada jogo vai marcando uma evolução da equipe.Foi uma partida de tudo ou nada e tínhamos que apostar. Os jogadores entenderam a ideia. Ganhamos o jogo, mas lamentavelmente estamos fora”, explica

Segundo o treinador, faltou perna para o time no segundo tempo. “Fomos bem no primeiro tempo, mas depois cansamos. Nossa eliminação, porém, foi sacramentada na Argentina.”

O lateral-esquerdo Guilherme Arana, que foi titular na partida, lamentou a eliminação. “Vai ser difícil dormir hoje”.

O Atlético só volta a jogar no dia 26 de fevereiro, quarta-feira de cinzas, pela Copa do Brasil. O Galo faz o jogo único contra o Afogados, no Vianão, em Afogados da Ingazeira, Pernambuco, pela segunda fase da competição nacional. Em caso de empate no tempo regulamentar, a vaga será decidida na disputa de pênaltis. Os jogadores descansarão nesta sexta e sábado e voltam a treinar só a partir de domingo.

Para esta partida, o Atlético pode ter a estreia do atacante Diego Tardelli. Ele teve o nome registrado no Boletim Informativo Diário da CBF (BID) no início d atarde desta quinta-feira. É a terceira passagem de Tardelli pelo time mineiro.