Seleção FI da A2 tem apenas um atacante, mas quatro meias de chegada

Apenas dois jogadores que estão entre os melhores da rodada não pertencem a times do G8

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) - A briga pela liderança do Campeonato Paulista da Série A2 ficou bastante equilibrada depois da realização da sétima rodada no último final de semana. O Monte Azul foi derrotado pela Portuguesa e viu Portuguesa Santista e São Bernardo igualarem nos 14 pontos.

O XV de Piracicaba emplacou a terceira vitória seguida e confirmou a reação no campeonato, enquanto no Taubaté, que demitiu o técnico Ivan Izzo após o terceiro jogo sem ganhar. Mesmo assim, o Burro da Central continua no G8, tendo Rio Claro, Atibaia e Sertãozinho como companhia.

Em relação a zona de rebaixamento, a Portuguesa respirou com a vitória sobre o líder e empurrou o São Bento para o penúltimo lugar. Isso porque a lanterna continua com o Votuporanguense, único time que ainda não venceu no campeonato.

CONFIRA A SELEÇÃO DA SÉRIE A2

Goleiro: Gabriel Gasparatto (São Bernardo)
Foi o grande responsável pela vitória do São Bernardo sobre o Votuporanguense, fora de casa. Fechou o gol e garantiu três pontos importantes ao clube do ABC.

Lateral-direito: Vinícius (Atibaia)
Essa não é a primeira vez que está na Seleção FI. Na vitória do Atibaia sobre o Taubaté, Vinícius foi bastante acionado. Não é a toa que saiu dos seus pés o cruzamento para Danielzinho abrir o placar.

Guilherme Mattis é um dos zagueiros da rodada (Foto: Rafael Bento/Votuporanguense)
Guilherme Mattis é um dos zagueiros da rodada (Foto: Rafael Bento/Votuporanguense)

Zagueiro: Diego Jussani (XV de Piracicaba)
É um dos líderes do XV de Piracicaba dentro de campo. Mais uma vez a segurança e experiência ajudaram o Nhô Quim a vencer o Juventus, em uma partida difícil na Rua Javari.

Zagueiro: Guilherme Mattis (São Bernardo)

Ajudou a equipe na vitória fora de casa diante da Votuporanguense ganhando todas as bolas por baixo e pelo alto. Principalmente no segundo tempo, quando os donos da casa pressionaram bastante, Mattis mostrou experiência e bom posicionamento.

Lateral-esquerdo: Rômulo (Portuguesa Santista)
Fez sua primeira partida como titular em 2020, mas não sentiu o ritmo, tanto que foi apontado por muitos como um dos destaques da Briosa ao lado de Gabriel Terra.

Volante: Djalma (Atibaia)
Revelado na base do próprio Falcão, o jogador de apenas 19 anos vem sendo bastante regular nesta temporada e, contra o Taubaté, marcou o gol que garantiu o time no G8 da Série A2.

Meia: Gabriel Terra (Portuguesa Santista)
É o principal responsável por criar as jogadas ofensivas da Briosa e vem sendo um dos destaques do time neste início de Série A2. Contra o São Bento, mais uma vez fez a parte dele e ainda foi coroado com um gol nos acréscimos.

Meia: Patrick (Red Bull Brasil)
Saiu do banco de reservas para evitar a derrota do Toro Loko diante do Sertãozinho, no Moisés Lcarelli. Mostrando uma qualidade técnica acima da média, Patrick marcou os dois gols no empate por 2 a 2.

Meia: Rafinha (Penapolense)
Emprestado pelo Corinthians, o jogador de 20 anos marcou um golaço na vitória sobre o Audax, por 2 a 0, em Barueri. Ao receber de fora da área, Rafinha mostrou muita categoria ao bater por cobertura do goleiro.

Meia: Lucas Crispim (Rio Claro)
Foi o autor do gol do Rio Claro na vitória sobre o São Caetano, por 1 a 0, fora de casa. Mas não foi só isso o que ele fez. Principal articulador das jogadas ofensivas, Lucas Crispim deixou por pelo menos duas vezes seus companheiros na frente do gol.

Carlos Roberto estreou com o pé direito no Atibaia
Carlos Roberto estreou com o pé direito no Atibaia

Atacante: Douglas Santos (São Bernardo)
Voltou a ser titular da equipe após se recuperar de lesão e mostrou que está totalmente recuperado. Deu trabalho para a defesa da Votuporanguense em todos os momentos que tocava na bola, com muita habilidade e velocidade.

Técnico: Carlos Roberto (Atibaia)
Efetivado no comando do Falcão, o técnico Carlão estreou com uma importante vitória por 2 a 1 diante do Taubaté, encerrando um jejum de três jogos. O início promissor faz lembrar o trabalho realizado em 2018, quando levou o clube a semifinal da Copa Paulista.