Na esteira do Guarani, Ponte Preta monitora meio-campista do Água Santa

Luan Dias participou dos dez jogos do Netuno no Paulistão e fez dois gols

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 29 (AFI) - À procura de reforços para sequência da temporada, a Ponte Preta monitora Luan Dias, destaque do Água Santa no Campeonato Paulista.

Ao longo do Estadual, Departamento de Futebol analisou o meio-campista e ficou satisfeito com o que viu, além de preencher as necessidades buscadas para encorpar o plantel dirigido por João Brigatti.

Até o momento, por enquanto, não há nenhuma proposta oficial por parte da Macaca. A paralisação do futebol em decorrência da pandemia do novo coronavírus esfriou possível ação no mercado, mas atleta continua no radar.

Destaque do Água Santa, Luan Dias está no radar da Ponte Preta
Destaque do Água Santa, Luan Dias está no radar da Ponte Preta

Sem condições financeiras de efetuar a compra dos direitos econômicos, plano do clube campineiro é tentar viabilizar um empréstimo junto ao Netuno para disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, mas sem envolver valores na transferência.

OUTRO LADO

Dono de 100% do passe, o Água Santa não recebeu nenhum contato da Alvinegra. As conversas, ainda durante o Paulistão, aconteceram entre os diretores campineiros com o estafe de Luan Dias - ambos ostentam ótimo relacionamento, o que pode vir a ser um diferencial no futuro.

Até agora, entretanto, pessoas ligadas ao jogador garantem não ter recebido nenhuma oferta oficial para 2020 - apenas sondagens -, mas elogiam a Ponte Preta por uma série de razões: salários em dia, tradição, ótima vitrine e, acima de tudo, por acreditarem em favoritismo ao acesso na Série B.

Além da Ponte Preta, outros clubes do país também têm o camisa 10 como alvo. São os casos de Guarani, Náutico e Sport, por exemplo.

TEMPORADA

Canhoto, Luan, cujo contrato em vigência é válido até 30 de julho de 2022, participou de todos os dez jogos do Água Santa no Campeonato Paulista e ainda marcou dois gols - na vitória em cima do Corinthians e no empate com o Ituano.

O jogador começou o ano no banco de reservas, mas ganhou a posição a partir da terceira rodada e, desde então, não saiu mais, ganhando status de intocável.