Barretos 1 x 0 Nacional - Gol nos acréscimos coloca Touro do Vale no G8

Patrick marcou aos 51 minutos do segundo tempo ao aproveitar rebote do goleiro adversário

por Agência Futebol Interior

Barretos, SP, 15 (AFI) - O Barretos lutou até o fim e foi recompensado com um gol aos 51 minutos do segundo tempo na noite deste sábado, quando venceu o Nacional, por 1 a 0, na Arena Fortaleza, pela sexta rodada da Série A3 do Paulista.

VEJA O GOL DA VITÓRIA NOS ACRÉSCIMOS !

Com o resultado, o Touro do Vale chegou aos oito pontos e subiu para a sétima colocação, podendo perder uma posição no encerramento da rodada. Já o Nacional estacionou nos seis e é o 11º colocado.

Vale lembrar que o Naça tem um jogo a menos, pois o confronto da quinta rodada, contra o Linense, não aconteceu na última quarta-feira por conta das fortes chuvas na capital paulista.

Barretos ganhou do Nacional e entrou no G8
Barretos ganhou do Nacional e entrou no G8

O JOGO
Como já era esperado, o Barretos começou a partida em cima do Nacional, que aos poucos foi se soltando e equilibrando as ações.

Os dois times, porém, encontravam muitas dificuldades para criarem lances de perigo.

MESMO EQUILÍBRIO
O panorama da partida não mudou no segundo tempo. Até os 51 minutos.

Branquinho cobrou falta, Luis Henrique espalmou e Patrick mostrou oportunismo para fazer o gol da vitória e alegria dos pouco mais de 300 torcedores

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no próximo sábado, às 16 horas, pela sétima rodada. O Barretos enfrenta o Rio Preto, no Anísio Haddad, em São José do Rio Preto, enquanto o Nacional vai até Bauru encarar o Noroeste, no Alfredo Castilho.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
6ª rodada
Data
15/02/2020
Horário
20h00
Local
Fortaleza - Barretos (SP)
Árbitro
Diego Augusto Fagundes

Renda
R$ 3.245,00
Assistentes
Rodrigo Crosara e Marlon Spinola

Público
327 pessoas
Cartões Amarelos
Barretos: Elias, Murilo Henrique, Hismael
Nacional: Lauder, Mateus

Gols
Barretos: Patrick 51' 2T
Barretos
André Luiz;
Daniel (Hismael), Elias, Xandão e Murilo Ceará;
Flávio, Patrick, Guilherme Andrade e Branquinho;
Anderson Magrão (Clebinho) e João Henrique (Wesley) .
Técnico: Ricardo Moraes
Nacional
Luis Henrique;
Alanderson, Gabriel, Diego Chiclete e Thiago Pereira;
André Rocha, Lauder (Léo Ribeiro), Matheus Teta e Emerson Mi (Ricardinho);
Gustavo Índio (Vinícius) e James Dean.
Técnico: Tuca Guimarães