Red Bull 1 x 1 São Bernardo - Presidente do Guarani vê partida na casa da Ponte Preta

Equipes se enfrentaram na tarde deste sábado, no estádio Moisés Lucarelli, o Majestoso, em Campinas

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 25 (AFI) - Com direito à presença do presidente do Guarani, Ricardo Miguel Moisés, em pleno estádio Moisés Lucarelli, o Majestoso, casa da arquirrival Ponte Preta, em Campinas, Red Bull Brasil e São Bernardo empataram, na tarde deste sábado, por 1 a 1, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Paulista da Série A2.

Com o resultado, ambas as equipes seguem invictas na tabela de classificação. O Toro Loko, com dois pontos, ocupa a oitava colocação.

O Tigre do ABC, por outro lado, é terceiro, com quatro pontos, o mesmo de Monte Azul, líder, e Taubaté, segundo, que levam vantagem no critério de desempate.

Foto: Ari Ferreira/Red Bull Brasil
Foto: Ari Ferreira/Red Bull Brasil

O JOGO
Logo aos dois minutos de partida, o Red Bull Brasil ameaçou com Cristiano, que finalizou forte após ótimo passe de Pablo. Pouco depois, aos 17 do primeiro tempo, Chrigor fez jogada individual e bateu com categoria, mas acertou a trave do São Bernardo.

O presidente do Guarani, Ricardo Miguel Moisés (de boné), foi ao estádio da Ponte Preta
O presidente do Guarani, Ricardo Miguel Moisés (de boné), foi ao estádio da Ponte Preta

Já aos 43, Chrigor recebeu de Theo e bateu. A bola até passou pelo goleiro rival, mas a zaga adversária apareceu para afastar, já em cima da linha.

Aos dois minutos da etapa complementar, Wagner foi acionado por Chrigor e soltou a pancada para abrir o placar.

Já aos 22, mesmo tomando sufoco, o Tigre conseguiu o empate após vacilada de Theo, que foi tentar afastar e acabou marcando contra.

Ainda deu para Wagner arriscar da intermediária e quase recolocar o Toro Loko em vantagem, mas a bola acabou saindo por cima do travessão, com imenso perigo.

PRESIDENTE DO GUARANI ESTEVE NO ESTÁDIO DO ARQUIRRIVAL
O presidente do Guarani, Ricardo Miguel Moisés, vestido de shorts e boné da cor preta, foi um dos presentes no estádio Moisés Lucarelli acompanhando a partida no camarote da diretoria do São Bernardo.

Ricardo Moisés assistiu à partida ao lado de Roberto Graziano, dono da Magnum e hoje o gestor do futebol do São Bernardo.

Ambos tem em comum interesses no Guarani, onde Roberto tem um compromisso imobiliário e Moisés é funcionário da ASA Alumínios, havendo a suspeita que as duas empresas tenham se unido para administrar as categorias de base e o negócio imobiliário do clube.

PRÓXIMOS JOGOS
As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira, 29. Enquanto o São Bernardo vai ao Tenente Carriço, o Tenentão, em Penápolis, encarar o Penapolense, às 19h30; o Red Bull Brasil visita o Rio Claro, às 15h, no Dr. Augusto Schimidt Filho, o Schimidtão, em Rio Claro.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
2ª rodada
Data
25/01/2020
Horário
16h00
Local
Moisés Lucarelli - Campinas (SP)
Árbitro
Rodrigo Pires de Oliveira

Assistentes
Rafael Tadeu Alves de Souza e Guilherme Holanda Moura Lima

Cartões Amarelos
Red Bull Brasil: Rayne, Marcos Vinícius
São Bernardo: Thawan , Rodrigo Souza, Guilherme Mattis

Gols
Red Bull Brasil: Wagner 2' 2T
São Bernardo: Theo 23' 2T (contra)
Red Bull Brasil
Jordan;
Nhayson (Marcel Cerezo), Rayne, Jhonatan e Guilherme;
Marquinhos (Venicio), Theo e Cristiano;
Wagner, Pablo (Rodrigo) e Chrigor.
Técnico: Alexandre Lemos
São Bernardo
Moisés Jr;
Lucas Mota, Ferreira (Leandro Amaro), Guilherme Mattis e Pará;
Rodrigo Souza, Marlyson (Ítalo), Natan e Thawan;
Gildo e Léo Cereja (Léo Jaime).
Técnico: Marcelo Veiga