Ponte Preta x Ferroviária - Macaca defende tabu e quer a reabilitação no Paulistão

O time campineiro acabou de passar por uma mudança na comissão técnica e tenta diminuir a crise

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 21 (AFI) - Ainda sem João Brigatti - anunciado como novo treinador -, a Ponte Preta buscará a reabilitação no Campeonato Paulista neste sábado, às 19h, diante da Ferroviária, no estádio Moisés Lucarelli, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. A meta é encerrar a série de três derrotas consecutivas.

Apesar da sequência negativa, a Ponte Preta segue brigando pela classificação, com seis pontos, cinco do líder Santos. No entanto, não pode esquecer da zona de rebaixamento, cada vez mais próxima. O interino Fabinho Moreno comandará a equipe. João Brigatti deverá acompanhar das tribunas.

A realidade da Ferroviária é semelhante. O time de Araraquara não vence há dois jogos e ocupa a lanterna do Grupo D, com cinco pontos, contra oito de RB Bragantino e Corinthians, e nove do Guarani.

A Ferroviária não vence a Ponte Preta há 30 anos. O último triunfo foi no dia 25 de março de 1990 por 2 a 1, em Campinas.

COMO VEM A MACACA!
Fabinho Moreno não quis saber de mistério e abriu o jogo sobre a escalação da Ponte Preta para o duelo contra Ferroviária. O interino vai manter a equipe que vinha sendo titular sob o comando de Gilson Kleina. A única novidade é o retorno de João Paulo, que cumpriu suspensão, na vaga de Vinicius Zanocelo.

Ponte Preta defende tabu contra Ferroviária - Fabio Leoni / PontePress
Ponte Preta defende tabu contra Ferroviária
"Não vejo necessidade (de suspense). O Sérgio (Soares) certamente já analisou a nossa equipe que mostrou as fragilidades e os pontos fortes. Assim como temos todas as informações da Ferroviária. Temos que nos preocupar em fazer um bom jogar e sair de campo com um resultado positivo", falou.

Para o duelo, o treinador confirmou também o retorno de volante Danrley, como opção no banco de reservas. Já João Veras acabou sendo vetado pelo Departamento Médico com dores na coxa direita.

OLHO NA FERRINHA!
Pelo lado da Ferroviária, duas dúvidas. O treinador não poderá contar com o zagueiro Max, expulso no empate sem gols diante do Santos. Com isso, disputam posição William, o preferido para assumir a vaga, e Patrick, este corre por fora.

Outra dúvida também por questão técnica está no setor ofensivo. Felipe Ferreira não vem bem e poderá dar lugar a Patrick Brey. Polivalente, Brey foi bastante testado por Sérgio Soares durante os treinos desta semana. De resto, o time será o mesmo.

"Tabus são feitos para serem quebrados. Esperamos que seja sábado. Mas trata-se apenas de estatística. Acontecendo um resultado positivo, podemos entrar na história por ter quebrado esse tabu. A saída do Gilson (Kleina) me pegou de surpresa. Tínhamos estudado o seu perfil. Conheço muito bem o Fabinho, trabalhou comigo na Ponte. Mas muda um pouco. Acredito que não se altere muito, mas vamos buscar surpreendê-los", falou o treinador.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
7ª rodada
Data
22/02/2020
Horário
19h00
Local
Moisés Lucarelli - Campinas (SP)
Árbitro
Márcio Henrique de Gois

Renda
R$ 37.160,00
Assistentes
Neuza Ines Back e Bruno Silva de Jesus

Público
1.878 pagantes (2.103 total)
Cartões Amarelos
Ponte Preta: Apodi
Ferroviária: Tony

Cartões Vermelhos
Ferroviária: Elton
Gols
Ponte Preta: Roger 16' 2T
Ferroviária: Henan 9' 1T
Ponte Preta
Ivan;
Apodi (Mateus Anderson), Wellington Carvalho, Henrique Trevisan e Guilherme Lazaroni (Yuri);
Bruno Reis, Dawhan e João Paulo;
Felipe Saraiva, Roger e Bruno Rodrigues (Alison Safira)
Técnico: Fabinho Moreno (Interino)
Ferroviária
Saulo;
Lucas Mendes, Patrick Marcelino, Elton e Bruno Recife;
Mazinho, Tony e Claudinho (Karl);
Felipe Ferreira (Patrick Brey), Henan (William) e Higor Leite
Técnico: Sérgio Soares