Neymar diz que amor da torcida do Paris Saint-Germain por ele 'está voltando'

Brasileiro voltou a comparar o relacionamento entre ele e a torcida francesa com a de um casal de namorados

por Agência Estado

Campinas, SP, 22 - Neymar se viu obrigado a permanecer no Paris Saint-Germain e a tentativa frustrada de deixar o clube na última janela de transferências causou ira nos torcedores do clube francês.

O atacante garante que isso é coisa do passado e que a relação de amor com os torcedores está voltando.

LAÇOS REATADOS?

O brasileiro, que se recupera de lesão, voltou a comparar o relacionamento entre ele e a torcida do PSG com a de um casal de namorados.

Ele já havia dado declaração parecida quando o fracasso nas negociações o fizeram permanecer no PSG para o começo da temporada 2019/2020 do futebol europeu.

Após polêmica, Neymar tenta dar volta por cima no PSG
Após polêmica, Neymar tenta dar volta por cima no PSG

"Agora está voltando (o amor dos torcedores). Entendo o sentimento deles também, mas pedi para que entendessem o meu também. Quando você não está feliz em qualquer trabalho que seja, você tenta encontrar novos ares e foi o que tentei. Acabei ficando e vou dar o meu melhor. É como um relacionamento entre homem e mulher. Acaba brigando, discutindo, mas com o tempo o amor volta", disse, em entrevista ao canal no YouTube do OTRO, uma plataforma digital.

PARCERIA

O astro da seleção brasileira comentou também sobre sua amizade com o francês Kylian Mbappé, colega no PSG, apontando que o entrosamento entre eles ocorre dentro e fora de campo.

"Ele fala francês e eu falo português, então a gente se comunica em inglês. Ele é um menino incrível e feliz. A gente se dá bem dentro e fora de campo e isso facilita para o nosso jogo", explicou.

Neymar garante que a tentativa de deixar o PSG não alterou seu relacionamento com os companheiros de time, que ele diz ser ótimo.

"O clima nunca deixou de ser legal. Esse ano é o ano que tem mais pessoas fáceis de conversar e de se relacionar. A galera que chegou é bem divertida, focada e feita de bons jogadores. Esse ano promete coisas boas para o Paris", projetou.

E AGORA?

O jogador está em fase final de recuperação de uma lesão de grau dois no bíceps femoral da coxa esquerda. Ele sofreu a contusão durante o amistoso da seleção brasileira contra a Nigéria.

Por isso, desfalca o PSG nesta terça-feira, na Bélgica, onde o time vai enfrentar o Brugge pela Liga dos Campeões da Europa.