Saiba até que ponto é bom para seu filho se espelhar em grandes jogadores

Existem pontos positivos e negativos na idolatria e na cópia de comportamento de nossos jovens com relação aos grandes jogadores

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 21 - Quase todo menino brasileiro tem o sonho de ser um grande jogador de futebol e defender as clubes do seu time do coração, de um grande time europeu e, é claro, da Seleção Brasileira. E esse sonho é alimentado a cada dia e cada vez mais com o auxílio da tecnologia, que de certa forma faz com que os jovens sintam-se mais “próximos” de seus ídolos. Essa proximidade faz com que crianças e adolescentes se espelhem cada vez mais nos grandes jogadores, em seu comportamento e hábitos do dia a dia.

VANTAGENS E DESVANTAGENS

Mas será que faz bem para uma criança ou adolescente seguir todos os passos de um ídolo? Até que ponto é benéfico para um jovem ter uma grande estrela como espelho de vida? O futebol muitas vezes imita a “vida real” e, nesse caso, não é diferente. Portanto, existem pontos positivos e negativos na idolatria e na cópia de comportamento de nossos jovens com relação aos grandes jogadores.

O primeiro ponto positivo é a vontade de estarem em dia com a saúde. Grandes atletas têm rotinas de treinos intensas e precisam se alimentar muito bem para poder competir em alto nível.

O primeiro ponto positivo é a vontade de estarem em dia com a saúde. (Foto: Divulgação)
O primeiro ponto positivo é a vontade de estarem em dia com a saúde. (Foto: Divulgação)

SAUDÁVEL

De acordo com Lucas Coppi, responsável pelo site VCEMFORMA, uma fatia considerável das buscas por alimentação saudável e treinos feitos pelos grandes jogadores vêm de jovens de 14 a 22 anos.

“Muitos deles acreditam que comer o que os ídolos comem e treinar como eles treinam é o caminho para chegar lá também”, comenta Lucas.

PONTO NEGATIVO

Se essa busca por exercícios e alimentação é um ponto positivo, é preciso ressaltar que o exagero pode também ser um problema.

Crianças e adolescentes em fase de formação não podem extrapolar no cuidado com o corpo, e é sempre importante ter o acompanhamento de um profissional, seja para se exercitar ou se alimentar melhor.

COMPORTAMENTO DOS ÍDOLOS

Outra preocupação que os pais devem ter sobre a idolatria de seus filhos com os jogadores de futebol diz respeito ao comportamento das grandes estrelas.

Como ainda estão com seu caráter em fase de formação, crianças e adolescentes tendem a seguir tanto os comportamentos positivos quanto negativos de seus grandes ídolos dentro do campo. Nesse sentido, quando Neymar agride um torcedor e é suspenso, por exemplo, cabe aos pais conversarem com seus filho para explicar que nem tudo que o camisa 10 da Seleção faz deve ser replicado.

Ou seja, a idolatria de seu filho por grandes jogadores e a facilidade que os jovens de hoje têm em seguir seus ídolos de perto podem, sim, ser positivas na criação da criança ou adolescente. No entanto, os pais precisam estar atentos ao comportamento – tanto do ídolo quanto do jovem – para poder conversar e discutir as atitudes do jogador, dentro e fora de campo, e mostrar qual é o caminho certo a ser seguido.