Na zona de rebaixamento, time do Paulista A3 não descarta brigar pelo acesso

O Marília está na penúltima colocação, mas está a apenas três pontos do oitavo colocado

por Agência Futebol Interior

Marília, SP, 04 (AFI) - Apesar de estar na zona de rebaixamento do Campeonato Paulista da Série A3, o Marília não tem apenas como objetivo escapar da queda quando a bola voltar a rolar.

Em entrevista ao programa Com a Bola Toda, da TV Canal 4, de Marília, o diretor executivo Vágner Silva deixou claro que o time ainda sonha em brigar pelo acesso à Série A2.

"Nós não temos apenas o objetivo de escapar do rebaixamento. Acreditamos que é possível entrar no G8 e, aí sim, brigar pelo acesso", afirmou o dirigente do MAC.

Marília vai brigar pela classificação (Foto: Matheus Dahsan/Marília)
Marília vai brigar pela classificação (Foto: Matheus Dahsan/Marília)
O Marília é o penúltimo colocado, com 11 pontos, um a menos que o Primavera, primeiro fora da zona de rebaixamento. Já a diferença para o oitavo colocado Desportivo Brasil é de apenas três. Faltam quatro rodadas para o fim do campeonato.

MOVIMENTOU O MERCADO

A movimentação do clube durante a paralisação do campeonato por conta da pandemia do novo coronavírus deixa claro o desejo de brigar por algo a mais do que a permanência na Série A3.

A diretoria do Marília tem pré-contrato assinado com 12 jogadores, mas ainda não oficializou nenhum deles. Os nomes são mantidos em sigilo, apesar de alguns já terem vazado.

"Estamos tentando evitar falar os nomes para não chamar a atenção de outros clubes e também não assinar contrato antes dos exames. É mais uma questão de precaução", comentou Vágner Silva.