Série B: Contra pior mandante, Guarani quer encerrar tabu sem vitórias fora do Brinco

Em jejum de dois meses longe de Campinas, Bugre visita o Vila Nova, nesta quarta-feira, em Goiânia

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 12 (AFI) - Além de tentar quebrar jejum de 17 anos sem vencer em Goiânia, o Guarani tem outra missão a ser superada para, enfim, garantir permanência na Série B do Campeonato Brasileiro.

O Bugre tenta, no Serra Dourada, a partir das 19h15, nesta quarta-feira, interromper dois meses sem triunfar longe do Brinco de Ouro da Princesa.

Guarani tenta consolidar permanência na Série B de 2020 - Letícia Martins / Guarani FC
Guarani tenta consolidar permanência na Série B de 2020

A última vez que retornou a Campinas com três pontos na bagagem foi em 14 de setembro, quando superou o Vitória, na Arena Fonte Nova, por 1 a 0, com gol de Michel Douglas.

De lá para cá, Alviverde empatou com Brasil de Pelotas e São Bento e foi derrotado por Coritiba, Cuiabá e Bragantino.

A ideia do time dirigido por Thiago Carpini é aproveitar a maré desfavorável do Vila Nova diante do seu torcedor na segunda divisão nacional para atingir o objetivo de escapar da degola e iniciar planejamento de 2020.

Em 17 partidas disputadas em Goiânia, Tigre amarga péssimos números: uma vitória, dez empates e seis derrotas - o único triunfo foi antes da Copa América, em junho, quando bateu o São Bento, no Estádio Olímpico, por 1 a 0.