Jair Ventura resume sua passagem pelo Corinthians: "Trabalho regular"

Jovem treinador foi vice-campeão da Copa do Brasil em 2018 ao perder a final para o Cruzeiro

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 28 (AFI) - Jair Ventura passou por três grandes clubes, mas ainda não entendeu a mentalidade desses times. O jovem treinador acredita que chegar a um final é o bastante. Ledo engano! Não por acaso, ele não deixou saudade, entre os torcedores, por Corinthians e Santos.

"Acho que um trabalho regular (sobre a passagem pelo Corinthians). Quando você trabalha em um time gigante como o Corinthians, você tem que fazer alguma coisa diferente, assim como no Santos e no Botafogo", disse ele ao DAZN.

"Você chegar em uma final é bom, você perder uma final é ruim. Mas você deixar 68 times para trás não é tão ruim. Você botar R$ 25 milhões na conta do clube, com a classificação para a final não é ruim. Então você gosta de perder? Não! Sou extremamente competitivo, odeio perder. Entre chegar em uma final e sair na primeira fase, prefiro chegar na final", completou Jair Ventura.

SATISFEITO?
No Corinthians, ele foi vice-campeão da Copa do Brasil em 2018 ao ser derrotado pelo Cruzeiro. Ainda assim, ele acredita que valeu a pena treinar o clube paulista.

Para o Jair está bom. (Foto: Daniel Augusto Jr. / Corinthians)
Para o Jair está bom. (Foto: Daniel Augusto Jr. / Corinthians)
"Foi uma experiência fantástica, poder disputar primeira final nacional como treinador, experiência única. A grande resposta dessa minha passagem pelo Corinthians foi uma reportagem que o Andrés (Sanchez, presidente do clube) deu esses dias. Em 2018 foi o ano que o Corinthians menos contratou e por conta disso em 2019 contratou até demais", resumiu o treinador.