Carioca Série C: Tiroteio após título do Mageense deixa uma pessoa ferida

Jéssica da Silva Souza, de 20 anos, foi levada à Unidade de Pronto Atendimento de Mesquita-RJ

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 15 (AFI) - A decisão do Campeonato Carioca da Série C - Quarta e Última Divisão do Estadual - acabou em tiroteio, deixando uma pessoa ferida. O duelo foi disputado no Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita-RJ, neste domingo, e terminou com o título do Mageense sobre o Itaboraí Profute após o empate sem gols.

De acordo com informações recolhidas entre os presentes, um desentendimento entre torcedores do clube campeão iniciou a confusão que acabou em troca de tiros, atingindo Jéssica da Silva Souza, de 20 anos, que se encontrava próxima ao portão principal do estádio, na Rua Cosmorama.

Foto: Léo Pinheiro/FutRio
Foto: Léo Pinheiro/FutRio
Após atendimento feito pelo presidente do Mageense, Cinho, foi levada à Unidade de Pronto Atendimento da cidade e já não corre risco de morrer - a bala acertou a perna esquerda da jovem. Durante o dia, foi transferida para o Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, onde precisará ficar em observação médica.

Foto: Léo Pinheiro/FutRio
Foto: Léo Pinheiro/FutRio
Uma outra mulher acabou desmaiando durante o corre-corre. Por conta da situação, as portas do estacionamento precisaram ser fechadas com dezenas de pessoas dentro. A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro foi acionado, mas chegou meia hora depois do ocorrido, em um momento no qual a confusão já tinha acabado. Ninguém acabou preso.