São Bento 3 x 1 Brasil de Pelotas - Bento vence e respira contra o rebaixamento

Apesar da vitória, São Bento agora precisará 'secar' o Figueirense para não ser rebaixado no domingo à noite

por Agência Futebol Interior

Sorocaba, SP, 17 (AFI) – O São Bento segue respirando na briga contra o rebaixamento. Na tarde deste domingo, o time venceu o Brasil de Pelotas, por 3 a 1, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Bentão saiu atrás no placar, mas virou no segundo tempo.

A permanência na Série B pode ser momentânea, pois o Figueirense receberá o Cuiabá logo mais, às 18h30, em Florianópolis. O time catarinense é adversário direto na parte de baixo da tabela, e caso vença decretará o descenso do São Bento à Terceira Divisão de 2020.

Com a vitória, o São Bento permanece na última colocação, só que agora com 33 pontos ganhos. Cinco pontos atrás do Figueirense, primeiro time fora da zona de rebaixamento, enquanto o Brasil de Pelotas permaneceu com os mesmos 43 pontos e em 13º lugar. Não tem chances de acesso e também está livre de qualquer possibilidade de rebaixamento.

TUDO IGUAL

Os primeiros 15 minutos foram de equilíbrio, apesar dos times terem chegado sem muito perigo à meta adversária. Logo aos três minutos, Marcos Martins carregou bola e arriscou de fora da área. A bola passou a direita do goleiro Carlos Eduardo. O Brasil respondeu aos 12, quando Ari finalizou forte e obrigou Henal a fazer ótima defesa.

O São Bento priorizou o toque de bola, tentando pressionar o Brasil no campo defensivo. Apesar disso, foi pelo alto que o time da casa quase abriu o placar. Aos 26 minutos, Paulinho cobrou escanteio e o zagueiro Eduardo testou com perigo, muito próximo ao travessão.

Aos 31 minutos, o São Bento teve chance clara de sair na frente do placar. Marcos Martins tocou para Zé Roberto, que de primeira encontrou Paulinho, sem marcação. Ele carregou a bola e chutou para fora, na saída do goleiro. Lance que exigia mais tranquilidade do que técnica.

E antes do intervalo os donos da casa tiveram mais duas oportunidades. Aos 34, Rodolfo fez jogada individual e bateu forte. Carlos Eduardo espalmou e Marcos Martins, no rebote, também finalizou para ótima intervenção do goleiro do Brasil de Pelotas.

São Bento mudou postura no segundo tempo e venceu - Neto Bovino / EC São Bento
São Bento mudou postura no segundo tempo e venceu
São Bento mudou postura no segundo tempo e venceu

BENTÃO MELHORA E VENCE

Pressionado, o São Bento aumentou as investidas e logo no primeiro minuto abriu o placar. Paulinho encontrou Zé Roberto, que finalizou na saída do goleiro Carlos Eduardo. Porém, o lance não estava valendo, já que o atacante estava em posição irregular.

Animado, o São Bento levou um banho de água fria aos 13 minutos. Murilo Rangel lançou o atacante Guilherme Queiroz, que driblou o goleiro Henal e finalizou com tranquilidade para o fundo das redes. Mas a alegria dos gaúchos durou pouco, já que aos 15 minutos o atacante Zé Roberto deixou tudo igual para o São Bento.

GOL ATRÁS DE GOL

O gol de empate animou o time de Sorocaba, que foi para cima e virou o placar aos 28 minutos. Mansur cruzou do lado esquerdo e Héverton, de carrinho, mandou contra o próprio gol.

No minuto seguinte, aos 29, saiu o terceiro gol. Minho começou a jogada, Rodolfo deu ótima passe e Marcos Martins finalizou na saída do goleiro. Um belo gol que decretou a vitória do time de Sorocaba.

PRÓXIMOS JOGOS

O São Bento voltará a campo na próxima quinta-feira, quando receberá o Londrina, às 19h15, novamente no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP). No mesmo dia, mas às 21h30, o Brasil de Pelotas enfrentará o Atlético-GO, no Bento Freitas, em Pelotas (RS).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
36ª rodada
Data
17/11/2019
Horário
16h00
Local
Walter Ribeiro - Sorocaba (SP)
Árbitro
Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Renda
R$ 6.090,00
Assistentes
Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Público
719 pagantes
Cartões Amarelos
São Bento-SP: Guilherme Romão
Brasil-RS: Ricardo Luz

Gols
São Bento-SP: Zé Roberto 15' 2T, Heverton 28' 2T (contra), Marcos Martins 29' 2T
Brasil-RS: Guilherme Queiroz 13' 2T
São Bento-SP
Henal;
Marcos Martins, Eduardo, Alisson e Guilherme Romão (Mansur);
Juliano (Fernandes), Fábio Bahia e Rodolfo;
Paulinho, Caio Rangel (Minho) e Zé Roberto.
Técnico: Marcelo Cordeiro (interino)
Brasil-RS
Carlos Eduardo;
Ricardo Luz, Bruno Aguiar, Héverton e Willian Formiga;
Eduardo Person, Leandro Leite (Diogo Oliveira), Murilo Rangel (Maicon Assis) e Juba (Douglas Baggio);
Guilherme Queiroz e Ari.
Técnico: Bolívar