Em rede social, principal contratação do Botafogo-RJ ameaça deixar o clube

A postagem de Honda foi no mesmo dia que a diretoria anunciou mudança na comissão técnica

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 27 (AFI) - Apesar de recentemente ter prorrogado seu contrato até fevereiro de 2021, quando termina o Campeonato Brasileiro, o meia japonês Honda pode deixar o Botafogo antes.

Pelo menos foi o que disse em uma postagem no seu twitter na tarde desta sexta-feira, horas depois do Botafogo anunciar a mudança na comissão técnica, com a saída de Ramón Díaz e a chegada de Eduardo Barroca.

Honda falou em sair do Botafogo nas redes sociais (Foto: Vitor Silva/Botafogo)
Honda falou em sair do Botafogo nas redes sociais (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

"Inacreditável. Vou começar a pensar em sair se eles não me convencerem em alguns dias", escreveu Honda.

OUTRA SURPRESA
A troca na comissão técnica pegou todo mundo de surpresa. Até porque Ramón Díaz nem chegou a estrear. Devido a uma cirurgia, o treinador ficaria à disposição a partir do dia 7 de dezembro.

O Botafogo perdeu os três jogos sob o comando de Emiliano Díaz, filho de Ramón Díaz.

VELHO CONHECIDO
Velho conhecido da torcida botafoguense, Eduardo Barroca será o quinto treinador do clube em 2020. Alberto Valentim foi o primeiro, seguido por Paulo Autuori, Bruno Lazaroni e por último Ramón Díaz. O preparador de goleiros Flávio Tênis comandou o time de forma interina em três jogos.

A bagunça administrativa se reflete em campo. O Botafogo tem a segunda pior campanha do Brasileirão, com 20 pontos, na frente apenas do lanterna Goiás, que tem 16 e um jogo a menos.