Segundona: Treinador do Bandeirante analisa empate em Jaú e projeta jogo da volta

Por ter feito a melhor campanha na primeira fase, o Leão da Noroeste Paulista joga por um empate no jogo da volta

por Oscar Silva

Birigui, SP, 23 (AFI) - Após o empate 1 a 1 no jogo de ida, fora de casa, diante do XV de Jaú, pelas oitavas de final do Campeonato Paulista da Segunda Divisão Sub 23, o Bandeirante já pensa no jogo de volta que acontece na próxima quarta-feira(25), ás 15h, em Birigui, no estádio Pedro Marin Berbel.

Por ter feito a melhor campanha na primeira fase, o Leão da Noroeste Paulista joga por um empate para passar para as quartas de final. Para o Galo da Comarca somente a vitória interessa.

DENTRO DO PLANEJADO

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Sobre o resultado, o treinador André Alves deu a sua opinião. "Sinceramente, fomos até Jaú buscar uma vitória diante de um grande adversário, mas o empate estava nos planos. Perdi duas peças, um sequer entrou em campo que foi o lateral Yuri devido o teste covid-19 assintomático."

"Já o nosso artilheiro, Tatá sentiu uma contusão ainda no primeiro tempo e foi substituido, mas os atletas que entraram deram conta do recado. O empate foi de suma importância e agora vamos focar eles na quarta-feira. Acho que este jogo será mais difícil ainda e pouco cuidado será pouco", disse Alves.

DESFALQUE

Para o duelo, o BEC não terá Tatá que já foi descartado pelo departamento médico e fica de fora. São várias opções no ataque: Agnaldo, Kitinho, João Victor e Mendes. Já o ala Yuri faz uma avaliação médica nesta terça-feira(24), mas tudo indica que deve ir pro jogo pois passa bem e foi mais uma precaução.