Luto! Jogador da base do Atlético de Madrid morre aos 14 anos

O Atlético não informou a causa da morte de Christian, que atuava desde o começo da temporada na categoria infantil C

por Agência Estado

Campinas, SP, 28 - O Atlético de Madrid passou por um momento triste neste sábado. O clube espanhol anunciou, por meio de um comunicado oficial, a morte do jovem jogador Christian Minchola, de 14 anos, que integrava as categorias de base do time madrilenho desde a temporada 2013/14.

NÃO INFORMOU CAUSA

O Atlético não informou a causa da morte de Christian, que atuava desde o começo da temporada na categoria infantil C. O garoto era filho de pai peruano e mãe espanhola e era tratado como uma das principais promessas do clube.

Segundo a imprensa espanhola, o jovem atleta não foi infectado pela covid-19, doença que já matou cerca de 5.690 pessoas na Espanha. O país ibérico registrou mais de 72 mil casos de pessoas infectadas.

PRESIDENTE LAMENTOU

O presidente do Atlético de Madrid, Enrique Cerezo, lamentou a morte do jogador e afirmou que o clube "está ao lado da família e amigos de Christian nesse momento de imensa dor". O CEO do clube madrilenho, Miguel Ángel Gil, também se manifestou.

"O sentimento de desamparo em situações como essa é horrível. Nos últimos dias, pessoas muito próximas a mim morreram, algumas de coronavírus e outras de outras doenças, e a sensação de não poder dizer adeus a elas como merecem, e, no caso de Christian, a sensação de injustiça tão grande, deixa o coração partido", disse Gil.

CAPITÃO IMPACTADO

O meio de campo Koke, capitão do time madrilenho e que foi revelado nas categorias de base do clube, se mostrou muito impactado pela morte de Christian. "Raiva e dor por ter que dar adeus a Christian Minchola. A vida é muito injusta", escreveu o jogador em suas redes sociais.

O Atlético afirmou que a bandeira do clube ficará, desde este sábado, hasteada a meio mastro no estádio Wanda Metropolitano em homenagem a Christian e a "todos os outros torcedores falecidos nas últimas semanas".