Narrador e jornalista do Estadão e DAZN passa mal em voo e morre aos 40 anos

Vítima de um infarte fulminante, o narrador tinha 40 anos e passou mal enquanto voltava de viagem de Buenos Aires

por Agência Estado

Campinas, SP, 03 (AFI) - Morreu na madrugada desta terça-feira, vítima de um enfarte fulminante, o narrador e apresentador Carlos Eduardo Sica Cortez, mais conhecido como Cadu Cortez. O jornalista narrou no último domingo, pela DAZN, a partida entre Roma e Cagliari, válida pelo Campeonato Italiano. No Estadão, Cadu participava do podcast 'Notícia No Seu Tempo'.

Vítima de um infarte fulminante, o narrador tinha 40 anos e passou mal enquanto voltava de viagem de Buenos Aires, onde havia feito transmissões para a plataforma de streaming. Ao desembarcar no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, Cadu Cortez chegou a ser atendido, mas teve novas paradas cardíacas e não resistiu.

Por meio de nota oficial, o DAZN lamentou o ocorrido. "Estamos profundamente entristecidos com a morte prematura de Cadu Cortez, um narrador talentoso, respeitado e querido por todos nós. Hoje marca um dia muito triste para o DAZN e o mundo do esporte. Cadu foi um profissional vibrante, cuja personalidade vivaz nos entreteve em diversos momentos. Sempre nos lembraremos dele pelo dinamismo e pela paixão que ele nutria pelo esporte. Ele sem dúvida fará muita falta. Estendemos nossos pensamentos e apoio à família e aos amigos do Cadu, nesse momento de despedida e tristeza", afirmou o comunicado.

COMOÇÃO!
A notícia gerou comoção nas redes sociais entre fãs e amigos de profissão do narrador. "Que loucura a triste notícia da morte do Cadu Cortez. Inacreditável. Passamos o fim de semana inteiro juntos, trabalhando, conversando sobre tanta coisa, dando risada... E agora chega essa porrada. Muita força pra todo mundo", escreveu o comentarista da DAZN Rafael Oliveira no Twitter.

Quem também se manifestou foi o narrador da ESPN Fernando Nardini: "Deus do céu, a vida segue pregando peças inaceitáveis. Querido Bugu, Cadu Cortez, amigo desde a faculdade, tantos trabalhos juntos, tantas histórias, 1x0 contra mim no tênis, revanche marcada para esta semana...Não pode ser, meu Pai. Que dor, que tristeza. Por que tão cedo?."

(Foto: Divulgação/Twitter / Estadão)
(Foto: Divulgação/Twitter / Estadão)

CARREIRA!
Cadu Cortez começou sua carreira na Rádio Nativa. Em seu currículo, teve passagens por rádio Eldorado, bandeirantes, SulAmérica Trânsito, 105 FM e Cultura AM e FM. Em 2004, ele criou a Voz e Comunicação Produção Jornalística, onde fez produção de vídeos e comerciais institucionais. De 2002 a 2011 foi locutor da Red Bull para eventos no Brasil

Na TV, passou por TV Cultura, SBT, Fox Sports. Atualmente narrava ciclismo no Bandsports e fazia transmissões pelo serviço de streaming DAZN.