Sem contato com pai, filho de Edmundo vende geleia durante pandemia

Alexandre Mortágua pediu ajuda aos amigos perante ao novo negócio

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 12 (AFI) - Sem contato com o pai há mais de nove anos, Alexandre Mortágua, filho de Edmundo, ex-Palmeiras e Vasco da Gama, com a modelo Cristina Mortagua revelou estar passando por dificuldades neste momento de quarentena causada pelo novo coronavírus. Para conseguir pagar contas, ele resolveu vender geleias

"Tempos difíceis para uma #gayfreela como eu. Eu amo cozinhar e os últimos meses foram bem ruins de trabalho (tipo quase nada). Ficar sem pagar as contas ainda não pode. Eu e minha parceira de vida resolvemos produzir algumas coisas gostosas que cozinhamos em casa no dia a dia", escreveu.

Edmundo não tem contato com seu filho
Edmundo não tem contato com seu filho
"Tudo fresco e gostosinho e feito com muito amor porque a gente gosta mesmo de esquentar a barriga no fogão. Tenho alguns potes já prontos para pronta-entrega e aceitamos encomendas para semana que vem. Se quiser sugerir algum sabor, só mandar mensagem. Amigos, soquem o dedo no compartilhar para ajudar o coleguinha comprar o beck de cada dia, completou.

O produto, denominado, 'Geleia do Lelessauro' tem diversos sabores e varia entre R$ 15 e R$ 22. Alexandre produziu o alimento ao lado de uma amiga, na qual divide apartamento em São Paulo.

EDMUNDO
Alexandre tem relação conturbada com Edmundo. Em um programa de Luciana Gimenez, ele falou: "Última vez que encontrei meu pai eu tinha 16 anos e foi pela decisão de um juiz. Quando você lembra de uma pessoa que você gosta, você pensa na sua mãe, por exemplo, vem um cheiro, uma frase engraçada, uma comida gostosa. Dele não me vem nada", falou.